odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Alemanha: Verdes derrotam Merkel e colocam mais pressão no futuro das centrais nucleares

Alemanha: Verdes derrotam Merkel e colocam mais pressão no futuro das centrais nucleares

O Partido Verde alemão ganhou o estado federado de Baden-Württemberg, governado pela CDU (partido de Angela Merkel) há 58 anos, naquela que está a ser vista como uma vitória do anti-nuclear alemão.

“O partido Verde e anti-nuclear alemão conseguiu uma histórica vitória sobre o partido conservador de Angela Merkel, numa eleição federal que se tornou num referendo sobre à energia nuclear, semanas depois do desastre japonês de Fukushima”, escrevia hoje de manhã o The Telegraph.

Os jornais internacionais e alemães, de resto, colocaram a tónica da derrota de Merkel no factor “energia nuclear”. Contra todas as expectativas, mesmo de quem assegurava que os Verdes iriam conseguir um excelente resultado, um em cada quatro eleitores de Baden-Württemberg elegeram este partido. “Surpreendente”, exclamou o espanhol El País.

Esta é a primeira vez que os Verdes obtêm o governo de um estado federado, e logo em Baden-Württemberg, onde os sentimentos anti-nucleares são fortes. É lá, por exemplo, que fica uma das centrais nucleares mandadas encerrar abruptamente por Merkel poucos dias após o acidente nuclear de Fukushima.

A mesma Angela Merkel que, recorde-se, tinha aproveitado o prolongamento do envolvimento da Alemanha com a energia nuclear para voltar atrás com o plano, decidido pelo anterior Governo do SPV/Verdes, de desligar de vez as centrais nucleares em 2020.

Doutorada em Física, Merkel sempre defendeu a utilização da energia nuclear. Em Outubro, recorde-se, aprovou o polémico prolongamento da vida das centrais nucleares que deveriam fechar em breve em solo alemão, para gáudio dos sectores mais conservadores e empresariais teutónicos.

Com tragédia de Fukushima e respectivo volte-face na política nuclear, Merkel acabou por perder também o apoio dos alemães adeptos da energia nuclear, o que se revelou fatal.

O estado de Baden-Württemberg é o terceiro da Alemanha em termos de PIB e de população, com cidades como Estugarda, Mannheim, Karlsruhe ou Freiburg im Breisgau.

Comentários (Facebook):

Uma resposta para “Alemanha: Verdes derrotam Merkel e colocam mais pressão no futuro das centrais nucleares”

Trackbacks/Pingbacks

  1. [...] já referimos várias vezes no Green Savers – e pelo que referimos aqui, aqui e aqui – o caso alemão foi o mais complexo de gerir, tirando o japonês, pelo seu Governo. [...]


Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll