odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Volt, o eléctrico da Chevrolet chega a Portugal*

Volt, o eléctrico da Chevrolet chega a Portugal*

“QUANDO na necessidade de carro novo se pondera comprar um carro eléctrico, é normalmente a pensar no ambiente e em reduzir as emissões de CO2, de forma a evitar o aquecimento global e a dependência dos combustíveis fosseis, que não se renovam.

Para além disso, há ainda a esperança de poupar dinheiro a longo prazo, tendo em conta que o preço da electricidade é bastante menor que o preço da gasolina usada em condições semelhantes de condução, para percorrer o mesmo número de quilómetros. E diminuir o dinheiro investido em manutenção, uma vez que não há necessidade de mudanças de óleo e há menos peças móveis no motor passíveis de necessitar de substituição.

No entanto, a crescente preocupação ambiental da população, as campanhas de sensibilização dos vários governos da Europa,  e o investimento das marcas de automóveis em carros ecológicos, não parecem ser suficientes para que se venda carro eléctrico em Portugal.

As desvantagens mais evidentes, como a pouca autonomia e a perda de eficiência das baterias a baixas temperaturas, aliadas aos elevados preços de venda ao público, justificados pela produção em pequenas séries dos carros eléctricos, têm mantido o número de vendas de carros eléctricos relativamente baixo.

O Chevrolet Volt, que chegou a Portugal em 2012, promete resolver pelo menos duas destas desvantagens, aumentando a autonomia do automóvel para 600km, e usando uma tecnologia que permite que o Volt exiba a mesma performance em temperaturas extremas, com um sistema líquido de gestão térmica com controlo activo.

Movido pela unidade eléctrica Voltec, que recebe energia da sua bateria de iões de lítio, o Volt tem também um extensor de energia que entra em acção quando a bateria chega a um mínimo, na forma de um motor de 1,4l de gasolina.

Na prática, desses 600 km de autonomia são, em média, 60km os quais o Volt circula sem quaisquer emissões de CO2. Depois disso, a gasolina alimenta a bateria e as emissões de CO2 são de 23g/km, uma quantia consideravelmente menor que as quantias emitidas por um carro alimentado a combustíveis fósseis.

Apesar de o Chevrolet Volt incorporar um motor a gasolina, a Chevrolet prefere classificar este carro na categoria de carros eléctricos em vez de híbridos, uma vez que o motor de gasolina é usado para criar electricidade e carregar a bateria, que por sua vez  fornece energia ao motor eléctrico, não estando directamente associada ao movimento do carro, nem de forma alguma ligado às rodas.

Os quilómetros que podem ser feitos pelo Volt sem recorrer ao extensor de energia e com zero emissões de CO2 após o carregamento total da bateria, ligando-a a uma tomada de 230v por um período de quatro horas, podem evidentemente variar em função da condução e aumentar visivelmente com o sistema de travagem regenerativa. Com este sistema, a energia criada no processo de travagem é convertida de forma a recarregar as baterias.”

*Sandra Castiço (Chevrolet)

Comentários (Facebook):

Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll