odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Nem sempre é fácil renovar a sua casa sustentavelmente. Veja as dicas de Jula Hailes.

Nem sempre é fácil renovar a sua casa sustentavelmente. Veja as dicas de Jula Hailes.

Quando Julia Hailes, uma britânica com mais de 25 anos de experiência de consultoria sustentável, decidiu renovar ecologicamente a sua casa, em 2010, nada podia correr mal.

Para além de um quarto de século dedicado à sustentabilidade, a consultora escreveu nove livros ligados ao tema, incluindo aos ao tema dos edifícios verdes. Mas o processo começou logo mal. “Perdi o incentivo financeiro do programa Superhomes por 1%. Este esquema, que promove e renovação ecológica, permite receber ajuda se reduzirmos as emissões de uma propriedade em 60%. A minha percentagem ficou-se nos 59%”, explicou a profissional ao Financial Times.

Foi também no jornal britânico que Hailes contou as peripécias da renovação ecológica da sua casa. Em primeiro lugar, conta a profissional, ela desprezou a importância das janelas na eficiência energética.

“Mandei-as reparar e reforçar o seu isolamento, o que reduziu as perdas de calor, mas deveria, claramente, ter instalado vidros duplos”, explicou. O grande erro de Hailes foi ter reparado as janelas antes de tratar da renovação ecológica do resto da casa.

Segundo a consultora de sustentabilidade, o “isolamento é a chave da renovação ecológica”.

“Dado que vivo no último andar, pensei que podia excluir o isolamento do chão e beneficiar do calor dos andares de baixo, mas o meu arquitecto disse-me logo que não”, explicou. E há duas razões para isso. Em primeiro lugar, o isolamento traz benefícios acústicos, reduzindo a transferência de ruído entre pisos; em segundo lugar, o andar de baixo pode estar livre e, sendo assim, não contribuir em nada para o aquecimento do andar de cima.

Outro dos pontos abordados por Julia teve como pano de fundo os sistemas de controlo de informação. A consultora instalou um Hab Shimmy, que lhe dá informação relacionada com a electricidade, gás e utilização de água, assim como informação sobre eventos locais e sistemas de transporte. Ou seja, através de uma aplicação táctil, Julia consegue agora saber os horários do autocarro e para quando está prevista a próxima acção de reciclagem.

Leia o resto do artigo de opinião de Julia Hailes e saiba quando pode custar – financeiramente, em tempo e decisões – uma renovação ecológica da sua casa.

“Comecei este projecto com uma grande vantagem sobre uma outra pessoa normal, porque sou especialista em ambiente. E mesmo assim foi difícil, apesar de ter-me socorrido de um eco-arquitecto”, concluiu a responsável. Ou seja, no que à renovação ecológica de uma casa diz respeito, o melhor é mesmo ter paciência e escolher os profissionais certos.

Já fez alguma renovação ecológica à sua casa, vivenda ou apartamento? Que conselhos daria a um leitor que esteja a pensar fazê-lo a curto prazo? Deixe-nos aqui o seu comentário.

 

Comentários (Facebook):

2 Respostas para “Nem sempre é fácil renovar a sua casa sustentavelmente. Veja as dicas de Jula Hailes.”

  1. ANA diz:

    A renovação ecológica ou sustentável de uma casa está necessáriamente condicionada pela sua arquitectura e respectiva orientação solar. Logo será necessário focalizar-nos nos aspectos que permitem reduzir mais o consumo energético e aumentar a sua eficência energética. Assim saliento os seguintes:
    – Janelas: Deverão ser considerados caixilhos com corte térmico, vidros duplos ou triplos, ensombramento exterior caso estejam orientadas a Sul( a ser usado no Verão);
    – Isolamento Exterior: Deverá ser considerado isolamento em todas as paredes, coberturas e pavimentos em contacto com o exterior, pois além de evitar as perdas térmicas com maior eficiência, evita as tão desagradáveis condensações internas através da eliminação das pontes térmicas;
    – Ventilação Natural: Promoção da ventilação natural importante para renovação de ar novo e arrefecimento do edifício no Verão;
    – Instalações especiais: Para o aqucimento, arrefecimento ambiente assim como para o sistema de AQS, deverão ser considerados equipamentos com recurso a energias alternativas, como por exemplo:solar, geotérmica,..
    – Considerar a produção de energia eléctrica através de sistemas fotovoltaicos que permitem reduzir o consumo de energia eléctrica, ou o seu gasto.

Trackbacks/Pingbacks


Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll