Goldman Sachs vai investir €31,8 mil milhões (R$81,2 milhões) nas energias renováveis

Goldman Sachs vai investir €31,8 mil milhões (R$81,2 milhões) nas energias renováveis

Sabemos que o mundo está a chegar a um novo nível de mudança de mentalidades quando a Goldman Sachs anuncia um investimento de €31,8 mil milhões (R$81,2 milhões) em energias renováveis, um plano a ser cumprido na próxima década e que tem como principal objectivo… o lucro. É que o banco de investimento acredita que esta é uma oportunidade para fazer dinheiro.

“Estamos a ampliar o nosso compromisso de longo prazo para apoiar as energias renováveis. Destinámos um orçamento de €31,8 mil milhões (R$81,2 milhões) em financiamento e investimento de capital na próxima década a empresas que incentivarem a tecnologia limpa alternativa”, explicou o porta-voz do banco de investimentos, Michael Duvally.

China e Brasil estão na linha da frente destes investimentos, à medida que os seus Governos tentam diminuir as taxas de emissões de CO2.

A Goldman Sachs, aliás, tem uma equipa dedicada a investir em tecnologias limpas e energias renováveis. No ano passado, o banco terá investido €3,8 mil milhões (R$9,7 mil milhões) neste negócio.

“Espera-se que a indústria da tecnologia limpa seja um mercado de crescimento rápido, que pensamos que se encontra num momento crucial em termos de expansão de tecnologias que ajudarão a diversificar as fontes de energia e a melhorar o meio ambiente”, esclareceu Duvally.

O orçamento milionário será aplicado em inovação na energia solar, eólica, hidráulica, biocombustíveis, biomassa, mobilidade sustentável e LED, entre outros.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php