odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Empreendedor de Famalicão vai produzir morangos por hidroponia

Empreendedor de Famalicão vai produzir morangos por hidroponia

Um empreendedor de Famalicão lançou um projecto de produção de morangos por hidroponia – ou “no ar”, como explica a Lusa – um projecto que poderá garantir “mais e melhores frutos” e uma “enorme poupança de água”.

José Carvalho, que lançou o projecto com o filho, será responsável por 12 estufas de morango, com uma área total de um hectare e que deverão produzir entre 150 a 170 toneladas deste fruto.

“O morango é conhecido como um fruto rasteiro, mas com este método sai mais saboroso, mais doce e robusto”, explicou o responsável. O projecto pressupõe um investimento de €500 mil (R$1,3 milhões) e é apoiado em €190 mil (R$495 mil) pelo PRODER.

Para além de assegurar morangos durante todo o ano, o projecto emprega sete pessoas, que fazem de tudo, desde a plantação e embalamento. Segundo José Carvalho, a produção em altura rende três vezes mais do que o método tradicional.

“Para um hectare, pelo sistema tradicional, são necessários 60 mil litros de água, mas eu aqui gastarei uns 2.500, graças a um sistema computadorizado de rega. São oito regas por dia, gota a gota, cada uma com uma duração de três minutos. E depois ainda há a recuperação de água”, conclui José Carvalho.

A plantação é feita com calhas de 1,80 metros de altura, que depois baixam 60 centímetros para a colheita dos morangos. A alimentação tem coo base a água com fibra de coco.

Comentários (Facebook):

Uma resposta para “Empreendedor de Famalicão vai produzir morangos por hidroponia”

  1. Olga Gomes diz:

    Olá José fiquei muito curiosa e interessada no método de produção que adoptou.
    Partilho dos mesmos sentimentos neste momento em relação a trabalhar em espaços fechados e pelo facto de serem já muitos anos dedicada só mesmo assunto. Também possuo algumas terras que até então nao são cultivadas, tenho muitas ideias mas por vezes falar com alguém que já superou esta primeira fase e já é considerado um agricultor de renome , seria uma ajuda e uma oportunidade muito importante.
    Li numa entrevista sua que se disponibiliza para dar informações sempre que é solicitado. Estaria disponível para me cede um pouco do seu tempo? Chamo-me Olga Gomes, sou eng. Industrial e trabalho na zona de Caldas da Rainha.

    Cumprimentos

Trackbacks/Pingbacks


Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll