odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Pequim: vending machines vão recolher garrafas de plástico a troco de descontos nos transportes

Pequim: vending machines vão recolher garrafas de plástico a troco de descontos nos transportes

A cidade de Pequim está a promover um novo sistema de reciclagem de garrafas de plástico, uma espécie de vending machine que receberá as garrafas e, em troco, vai oferecer descontos no metro da capital chinesa.

Segundo o The Guardian, por cada garrafa PET que for inserida na máquina, o reciclador recebe um desconto até €0,01 (R$0,02) no seu passe de transportes comunitário. Depois, esta máquina irá esmagar a garrafa até um terço do seu tamanho e separá-la de acordo com a sua cor e tipo.

“Será como utilizar a máquina de multibanco”, explicou um funcionário da Incom, que está a promover este sistema. “Queremos pôr uma destas máquinas em cada estação da linha 10 e depois expandi-las para outras linhas, paragens de autocarro e áreas residenciais”.

Hoje, a Incom processa cerca de 50 mil toneladas de garrafas por ano, a maior parte compradas aos catadores informais, que andam à procura delas nas ruas da cidade (ver foto).

Com o lançamento destas máquinas, a Incom espera recolher as garrafas directamente do público, o que significa um rendimento extra de subsídios governamentais e as receitas de publicidade associadas à máquina.

Numa primeira fase serão instaladas cerca de 100 máquinas.

Projectos similares já foram lançados em vários países, incluindo nos Estados Unidos, Japão e Brasil, mas o sucesso, até agora, não tem sido muito. Por isso, muitos analistas da área dos resíduos estão cépticos que o programa resulte na China, um mercado que terá entre 500 mil a 20 milhões de catadores. Muitos deles, de resto, vão porta-a-porta recolher as garrafas.

“No Ocidente, a reciclagem é vista como uma actividade verde. Na Ásia em desenvolvimento, é uma actividade económica. Uma coisa está garantida. Se quem vai entregar as garrafas na máquina não for pago a preço de mercado, não vai resultar”, explicou Adam Minter, um blogger e autor sediado na China e que afirma que a reciclagem é a segunda profissão mais popular no País, depois da agricultura.

Comentários (Facebook):

Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll