odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Metro de Lisboa: novas estações receberam 542 mil passageiros no primeiro mês

Metro de Lisboa: novas estações receberam 542 mil passageiros no primeiro mês

No primeiro mês de funcionamento, o novo troço de metropolitano entre Moscavide e o Aeroporto recebeu 542.761 passageiros, segundo avançou o Metro de Lisboa ao Menos Um Carro, o movimento de promoção da mobilidade sustentável na capital portuguesa.

A estação do Aeroporto foi a que registou um maior movimento de passageiros, com um total de 266.428 clientes, seguida de Moscavide, com 205.369 passageiros, e Encarnação, com 70.964 passageiros.

“O primeiro mês de funcionamento deste novo troço superou largamente as expetativas da empresa que, aquando da sua inauguração, estimava que este servisse cerca de 400 mil passageiros/mês”, revelou o Metro de Lisboa.

O novo troço foi inaugurado a 17 de Julho e  foi recebido com grande entusiasmo pela população –  turista e não só – de Lisboa.

Comentários (Facebook):

Uma resposta para “Metro de Lisboa: novas estações receberam 542 mil passageiros no primeiro mês”

  1. Mush diz:

    O metro é o melhor transporte público do mundo. Mas a Metro de Lisboa engana os seus utilizadores diariamente. Cobram mais 0,50€ sempre que adquirimos um bilhete. A desculpa é que assim poupam recursos naturais, logo, são amigos do ambiente. Já os confrontei por duas vezes, com duas reclamações por escrito, a questionar o porquê de não permitirem aos titulares do Lisboa Viva o carregamento de bilhetes simples no cartão. Não responderam a nenhuma das reclamações. Não responderam porque sabem que aquilo que estão a fazer é um logro, uma fraude. Inflacionaram o preço dos bilhetes em 50 cent. O bilhete não informa que o utilizador pode receber de volta os 50 cent do cartão. Mais, pagar os 50 cent é fácil, basta adquirirmos o bilhete numa máquina de qualquer estação, agora receber o dinheiro de volta é que é mais complicado. Só dá em algumas estações. Isto apesar de todas elas terem um guichet com um ser humano a atender. Tudo isto para manter os ordenados luxuosos de uma administração sem a mínima qualificação para liderar uma grande empresa como é a Metropolitano de Lisboa. Cá para mim andaram todos na mesma escola do Relvas. Ah, o ministério das obras públicas é complacente com a situação dos bilhetes pois qualquer reclamação no livro também segue para este ministério. Há anos que eles sabem o que está a acontecer e nada fazem. Comem todos da mesma gamela. Tenham vergonha srs admnistradores. A vossa sorte é que os cidadãos portugueses são calmos e resignados. Comem tudo o que lhes dão. Talvez por isso vejo tanta gente a andar de metro sem pagar bilhete. Querem ganhar tudo de uma vez… Esquecem-se que existem para servir a população e não o contrário. Desçam lá do pedestal, sff.

Trackbacks/Pingbacks


Nome

E-mail (não será publicado)

Site

Comentário

Recomendações

Blogroll