Coopérnico: a primeira cooperativa de energias renováveis de Portugal

Coopérnico: a primeira cooperativa de energias renováveis de Portugal

Fundada este ano, a Coopérnico é a primeira cooperativa dedicada à produção de energias renováveis em Portugal. A ideia partiu de um grupo de 16 cidadãos que partilha uma preocupação comum: o desenvolvimento sustentável.

O objectivo desta empresa social passa por envolver os cidadãos e outras empresas na criação de um novo paradigma energético – renovável e descentralizado – em benefício da sociedade e do meio ambiente.

Inicialmente, este grupo de cidadãos juntou parte das poupanças e investiu em projectos de energias renováveis, onde cada um é dono da parte que desejar. No entanto, o modo de funcionamento da Coopérnico passa pela criação de uma comunidade de cidadãos e empresas interessados em contribuir para um novo modelo energético, social e empresarial.

A energia que é criada através dos projectos é posteriormente vendida à rede eléctrica, servindo para abastecer as famílias e as empresas nacionais. Desta forma, os projectos da Coopérnico geram benefícios económicos e ambientais, uma vez que a energia produzida é limpa.

Até ao momento, esta cooperativa de cidadãos já criou e implantou dois projectos que utilizam a tecnologia fotovoltaica para a produção de energia e tem mais dois em fase de planeamento que também utilizam o mesmo tipo de tecnologia.

Qualquer pessoa pode ser membro desta cooperativa ecológica e participar nos projectos energéticos. Para isso é apenas necessário preencher o formulário de adesão disponível na página da Coopérnico e adquirir, no mínimo, três títulos de capital social, no valor de €60 (R$184,7).

Além de investir em projectos de energia renovável, esta empresa social presta ainda apoio a projectos educacionais, de solidariedade e de protecção ambiental.

Foto: Sob licença Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


3 comments

  1. César Aguiar

    Gostei muito de conhecer a vossa iniciativa, que se encontra com os meus ideais.
    Gostaria de fazer parte do projecto, embora como voluntário (por agora) uma vez que passo por dificuldades financeiras. Poderia ajudar em qualquer coisa.

    -1
  2. Pingback: Green Savers – Coopérnico: o Sol no centro do negócio  

Patrocinadores

css.php