Estudo avalia sustentabilidade nas cadeias de fornecimento

cadeias de forneciemento

Para melhor compreender como as empresas estão a integrar os objectivos da Agenda 2030 das Nações Unidas e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas suas cadeias de fornecimento, a área de Climate Change and Sustainability Services (CCaSS) da EY realizou um estudo em colaboração com o Pacto Global das Nações Unidas (UNGC).

Com base em entrevistas efectuadas junto de 70 clientes da EY de várias geografias, sectores e modelos de negócio, foi avaliado como é que a sustentabilidade está a ser incorporada nas cadeias de fornecedores, através da gestão de riscos ou de práticas social e ambientalmente responsáveis, como a adopção de novos compromissos em matéria de direitos humanos, ou de preservação do meio ambiente.

O estudo concluiu que ainda há muito a fazer e que as empresas ao melhorar o desempenho ambiental, social e de governance em toda a cadeia de fornecimento podem reduzir custos, aumentar a produtividade, inovar, diferenciar e melhorar os resultados sociais.

O UNGC é a maior iniciativa de sustentabilidade a nível mundial. Esta parceria que estabeleceu com a EY visou também reforçar junto do meio empresarial a ideia de que as boas práticas são uma estratégia de futuro. Alinhar recursos, estruturas e processos pondo o foco na sustentabilidade da cadeia de fornecimento ao longo de toda a organização, dar formação à gestão e aos fornecedores sobre práticas de mercado e investir em parceiros diversificados e inclusivos foram alguns dos conselhos que UNGC e EY deixaram às empresas que participaram no estudo.

Foto: EY 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php