No meio de um lago artificial ergue-se Jal Mahal, uma das maravilhas da Índia

uma pérola escondida na índia

Meio submerso num lago artificial da cidade de Jaipur, no estado indiano do Rajastão, o Jal Mahal, também conhecido como “palácio de água”, data do século XVIII. Mantém quatro dos seus cinco andares submersos.

A sua história não é muito conhecida. Sabe-se que foi mandado construir pelo marajá Madho Singh, no século XVIII, para albergar as festas que então organizava durante as suas caçadas aos patos. Em rigor não pode ser designado como palácio, porque não tem quartos, apenas espaços abertos ideais para recepções.

Durante dois séculos esteve votado ao mais absoluto abandono, até que já neste século foi reabilitado para efeitos turísticos. Jal Mahal tem uma curiosa estrutura. Com as suas frontarias em mármore, estende-se por cinco andares, ficando quatro destes totalmente submersos quando o lago está cheio. No piso superior existe um jardim com um pavilhão no centro, ao estilo Bengali, chamado Chhatri.

Mistura de diferentes estilos arquitectónicos, reflecte características próprias da arquitectura hindu tradicional mas também influências da cultura islâmica e persa, tal como se observa na maioria dos monumentos da região.

Fotos: Russ Bowling, Barry & PK, Chris JL,  Ankit Agarwal, Jal Tarang / Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php