Lisboa vai ter rede de bicicletas partilhadas já no início de 2017

bicicletas-em-lisboa

É já no início de primeiro semestre de 2017 que arranca a primeira rede de bicicletas partilhadas em Lisboa. Para já o projecto irá avançar no Parque das Nações, para mais tarde ser alargada ao resto da cidade, anunciou hoje a EMEL- Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa.

O projecto vai começar numa zona piloto da cidade, no Parque das Nações, mas no futuro a iniciativa conta ter uma rede com 1410 bicicletas, 940 eléctricas e 470 convencionais, disponíveis em 140 estações. Assim, 92 estações ficarão instaladas no planalto central da cidade, 27 estarão na baixa e zona ribeirinha, 15 no Parque das Nações e as restantes seis no eixo central da cidade, entre a Avenida Fontes Pereira de Melo e a Avenida da Liberdade.

Depois de alguns atrasos inicias provocados por questões contratuais, que obrigaram ao lançamento de um novo concurso público, a EMEL avança agora com o Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas na cidade de Lisboa num investimento que ronda os 23,09 milhões de euros.

O passe anual para a rede de bicicletas partilhadas na cidade de Lisboa custará cerca de €36, com os bilhetes diários a rondarem os €10.

“É uma operação para uma cidade que é capital europeia e que pensamos que a merece. Os cidadãos também têm direito a essa forma de mobilidade, que é uma mobilidade suave, e que grande parte das cidades europeias mais importantes têm”, concluiu Luís Natal Marques, presidente da EMEL, em declarações à agência de notícias Lusa.

Foto: Onde Lisboa

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php