Alimentos de cor verde, o segredo para uma dieta saudável

macas-verdes

Uma alimentação sem frutas e legumes é uma alimentação pobre em vitaminas e sais minerais, deixando o sistema imunitário mais fraco, sem grande capacidade de resistir às constantes ameaças exteriores.

Pegando nas dicas do site espanhol Muy Interessante deixamos aqui uma lista de alimentos de cor verde a incluir na sua alimentação diária, cheios de nutrientes que, a longo prazo, vão ter um impacto muito positivo na sua saúde.

1.Maçã

As maçãs têm vitaminas e minerais com grandes benefícios. Possuem vitamina E e C e são ricas em fibra – o que melhora o trânsito intestinal.  A nível de minerais sobressai na sua composição o potássio e o ferro.

2.Espinafres

Têm o dobro da fibra de qualquer outro alimento verde. São ricos em vitamina A e K, para além de serem também uma boa fonte de ferro e ácido fólico.

São das verduras mais benéficas, pois contêm antioxidantes que ajudam na saúde cardiovascular, na luta contra o cancro, a fortalecer os ossos, a ter uma pele e um cabelo mais saudáveis, a combater o stress, a prevenir a asma e a melhorar a regularidade intestinal.

3.Abacate

O abacate tem efeitos anti-inflamatórios, ajuda a saúde cardiovascular, promove a regulação de açúcar no sangue e também protege contra o cancro. Para além disso, as pessoas que consomem abacate têm um índice de massa corporal menor. É também um alimento rico em gorduras saudáveis, vitaminas, minerais e antioxidantes.

4.Chá verde

Este chá possui antioxidantes que combatem o cancro – da pele, pulmão, cólon, esófago e bexiga –, além disso reduz o risco de doenças cardíacas ao mesmo tempo que ajuda na digestão e acelera o metabolismo.

5.Pimento Verde

Os pimentos são uma excelente fonte de vitamina C (contêm o dobro de uma laranja), vitamina B6 e vitamina E. Têm um elevado teor de betacarotenos e vitaminas do grupo B2.

São ideais para prevenir o aparecimento de doenças degenerativas e crónicas, assim como cancros, hemorragias cerebrais, cataratas e doenças cardíacas.

6.Feijão-verde

Possui uma grande quantidade de carotenóides – incluindo o betacaroteno ou a luteína –  e flavonóides que têm propriedades antioxidantes. O feijão-verde pertence ao grupo dos vegetais que contêm ómega -3, motivo pelo qual também tem benefícios cardiovasculares.

7.Couve-de-bruxelas

São ricas em vitaminas C, E e A, potássio e fitoquímicos que combatem o cancro. Também são vegetais ricos em fibra e são uma boa fonte de aminoácidos.

8.Brócolos

São uma fonte natural de vitamina A, C e K, bem como de ácido fólico e cálcio.  Graças à sua composição, este vegetal ajuda a queimar gorduras prejudiciais, têm um efeito saciante e contêm fibra – o que ajuda a controlar o peso. Também ajudam no combate contra o cancro.

9.Kiwi

É uma óptima fonte de vitamina C – tem o dobro de uma laranja – e também é rico em potássio, vitamina E e ácido fólico. Comer kiwis proporciona-nos uma boa quantidade de fibra natural no organismo e protege-nos de alguns problemas respiratórios, por exemplo provocados pela asma. Também ajudam a melhorar o sistema imunológico e a queimar calorias.

10.Pepino

Os pepinos contêm fibra, vitamina C, pró-vitamina A e vitamina E. Para além disso, também são conhecidos pelos seus benefícios na protecção de doenças cardiovasculares e de vários tipos de cancro, incluindo o cancro da mama, útero, ovário e próstata. São muito ricos em água e têm poucas calorias.

Foto: via Creative Commons 

 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php