Lisboa recebe 250 milhões da UE para se renovar

Ao abrigo do Plano de Investimento para a Europa, Lisboa foi o primeiro município da UE a beneficiar de financiamento para a sua requalificação urbanística. As prioridades serão o plano de drenagem da cidade, regeneração urbana e habitação social.

Assinado pelo presidente da CML, Fernando Medina, e o presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI), este plano de investimento promete alterar a fisionomia da cidade

O programa, relativo ao período 2016-2020, contempla três eixos. Destes, o mais prioritário é o plano de drenagem da cidade, uma obra estrutural, de grande impacto ambiental. A regeneração urbana e a habitação social serão os outros dois pólos de intervenção.

O empréstimo europeu, feito a 20 anos, fará parte de um investimento total de 530 milhões de euros, a realizar na capital, durante os próximos quatro anos, que contará com capitais provenientes da autarquia e de investidores privados.

Foto: Francisco Aragão / Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php