centopeia

O primeiro espécime deste estranho animal com mais de 400 patas, quatro pénis e 200 órgãos tóxicos foi inicialmente descoberto em 2006, mas só agora a comunidade cientifica partilha com o mundo este bicho com características tão pouco comuns.

Descoberta por Ben Tobin, a centopeia Illacme Tobini foi encontrada inicialmente numa expedição a uma gruta no Sequoia National Park, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Num artigo agora publicado no site especializado em zoologia ZooKey, os investigadores avançam que o espécime encontrado em 2006 era um macho com 414 patas, 200 glândulas venenosas para combater predadores e quatro órgãos genitais.

Com menos de um centímetro, a centopeia Illacme Tobini pertence à família dos Siphonorhinidae, bastante comuns na Califórnia, Wallacea na Indonésia, Sundalândia, Himalaias, Indo-Birmânia e no sul da África.

Os investigadores defendem também que esta espécie já existiria na altura da quebra do antigo supercontinente Pangeia, fenómeno que aconteceu há mais de 200 milhões de anos.

Foto: Zookeys 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta