Governo investe 8,4 milhões no Gerês

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Na “reforma profunda da floresta”, aprovada pelo governo, está prevista a atribuição de 8,4 milhões de euros só para o Gerês. O objectivo é melhorar a prevenção dos fogos no parque natural e recuperar os habitats que foram perdidos durante os últimos incêndios.

A criação de um projecto específico para o Parque Nacional da Peneda-Gerês, num ano em que todo o país esteve a arder justifica-se porque metade da área ardida este ano em parques naturais, foi nesta zona.

O plano para o Gerês, financiado pelo Fundo Ambiental do POSEUR e do Norte 2020, com uma verba atribuída de 8,4 milhões de euros, prevê a recuperação das áreas ardidas através da reflorestação com espécies autóctones, a criação de dez novas equipas de sapadores bombeiros e o reforço da cobertura de rede móvel no parque.

Também se aplicarão medidas em articulação com a população e os agentes locais (autarcas, gestores de baldios e associações de produtores). Um dos objectivos é, segundo o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, levar a população local a ver “o parque como um activo financeiro, que atrai turistas e investimentos”, que é preciso vigiar e cuidar.

Foto: Vitor Martins / Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php