florestas

A partir de 2017, o Governo quer instalar sistemas de videovigilância nos espaços florestais para prevenir e detectar incêndios. A monitorização será feita pelos comandos distritais de operações e socorro (CDOS).

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes declarou que estes sistemas de videovigilância nas florestas serão instalados pelas Comunidades Intermunicipais e pela GNR, num investimento que ascende os sete milhões de euros.

Com a instalação destes sistemas de videovigilância, que se estima esteja terminada em 2019, haverá ainda uma reestruturação da rede nacional de postos de vigia, depois de analisadas quais as áreas florestais que as câmaras de vídeo permitem observar e monitorizar, a partir dos CDOS.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta