As fibras do cardo são o novo bioplástico?

Um aluno do Edinburgh College of Art, na Escócia, desenvolveu um novo material com fibras do cardo que pode ser uma alternativa ao plástico, ao combinar as fibras de desperdícios agrícolas com uma nova resina biológica produzida, principalmente, a partir de óleo de cozinha usado.

O bioplástico resultante desta união é 100% biodegradável e pode, inclusive, ser utilizado como biocombustível, avança Spyros Kizis, estudante responsável pelo novo produto. Spyros focou-se numa matéria-prima que existe na Grécia, o seu país de origem, para criar uma opção mais sustentável e alternativa ao plástico.

O objectivo do designer passa por criar peças através da exploração das matérias-primas, pondo em causa não só os materiais e processos utilizados para criar produtos e mobiliário como os sistemas por trás destes materiais e processos – desde a extracção do material e fabrico de produtos à sua distribuição e eliminação.

Paralelamente, avança o designer, esta é uma forma de reavivar uma parte da economia grega – ligada ao artesanato – que está adormecida. E que para além de sustentável, pode ajudar a desenvolver o comércio de produtos locais.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta