A moradia-aldeia

Há muito que o atelier australiano Andrew Maynard assina trabalhos invulgares e diferentes, como a casa Cut Paw Paw, pelo que a Tower House, construída em 2014 em Alphington, Austrália, já não nos surpreende.

O atelier desconstrui completamente o conceito de moradia e transformou-o em várias pequenas casas dependentes entre si. Uma espécie de pequena aldeia composta por vários edifícios com um enorme pé alto.

O projecto pegou numa moradia já existente e, em vez de fazer uma extensão da casa para acomodar mais espaço para uma família de quatro, foram construídas cinco casas ligadas entre si. A casa original inclui dois quartos de criança, uma casa de banho e os espaços de lazer – os novos espaços acrescentam um estúdio, um quarto, casa de banho, cozinha e uma sala de jantar.

“A Tower House é uma vila por fora e uma casa por dentro”, explica a Andrew Maynard Architects. “A casa desafia a lógica porque a área exterior é similar a uma série de pequenas estruturas, enquanto o espaço interno e as funções são grandes e interrelacionadas”.

A moradia foi construída para optimizar o ganho solar passivo, o que permite uma redução da necessidade por aquecimento. Foram também construídas grandes janelas com vista para a área sul, o que reduz a necessidade de ar-condiciona e permite uma ventilação natural.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta