Nova tecnologia solar fotovoltaica pode aumentar a eficiência energética em 50%

technion

Investigadores no Technion Israel Institute of Technology fizeram recentemente uma descoberta que poderá revolucionar a tecnologia de células solares, com capacidade para aumentar a eficiência da energia fotovoltaica existente neste momento em cerca de 50%.

Tipicamente a quantidade de células solares que podem ser convertidas em energia costuma rondar os 30%, com muitos painéis solares a ficarem assim aquém das melhores expectativas. Ora, esta equipa de cientistas conseguiu desenvolver novas e melhoradas ferramentas termodinâmicas que trabalham para capturar a energia que actualmente acaba perdida antes de ser transformada em electricidade.

Fixados em Israel, esta equipa de investigação trabalha há já alguns anos para melhorar a eficácia das células solares, como meio para aumentar os benefícios das fontes de energias renováveis. No projecto agora divulgado, os cientistas desenvolveram um material de fotoluminescência que absorve as radiações do sol e as converte em calor e luz com “condições ideias de radiação”. Isto vai iluminar a célula fotovoltaica permitindo uma maior eficácia de conversão. O resultado final é um imenso impulso: uma taxa de eficiência de 30% é aumentada agora para 50%.

“A radiação solar, no seu caminho para as células fotovoltaicas, atinge um material que desenvolvemos para este fim e que é aquecido pela parte não utilizada do espectro”, explica o estudante Assaf Manor, responsável pelo projecto. “Além disso, a radiação solar no espectro é absorvida e reemitida num espectro azul-deslocado. Esta radiação é então colhida pela célula solar. Deste modo, tanto o calor como a luz são convertidos em electricidade.”

Nos próximos tempos a equipa irá continuar a trabalhar para aperfeiçoar esta inovação, estando já na calha o lançamento do projecto para o mercado dentro de cinco anos. O estudo desta inovação foi publicado recentemente na revista Nature Communications e pode ser lido aqui.

 

Foto: Technion – Israel Institute of Technology

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php