Breviceps fuscus, o sapo mais rezingão do mundo

O sapo mais zangado do mundo

Embora pareça estar permanentemente zangado, este é o aspecto natural do Breviceps fuscus, ou de nome comum, sapo preto da chuva. Este é um anfíbio de aspecto um pouco bizarro, maioritariamente terrestre e endémico da costa sul de África.

Uma das características deste sapo é a capacidade de escavar tocas que podem chegar aos 150 milímetros de profundidade. Durante a época de procriação, por outro lado, são os machos que ficam a guardar os ovos nas tocas previamente construídas.

Este anfíbio possui ainda um mecanismo especial de defesa. Quando fica assustado ou é agarrado, o sapo preto da chuva insufla o seu corpo e impulsiona-se pelo ar, de maneira a escapar ao perigo. Normalmente, este mecanismo de defesa é mais utilizado durante a escavação de tocas e os animais estão menos atentos aos potenciais perigos, refere o Dodo.

As principais ameaças para este sapo zangado são maioritariamente a perda de habitat, resultado da desflorestação e a introdução de vegetação invasiva no seu habitat, bem como os incêndios.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php