Animais bizarros saídos de filmes de fantasia

Estamos acostumados à maioria dos animais selvagens que partilham o planeta connosco. Mas, ocasionalmente, deparamo-nos com animais que parece que saíram directamente de um filme de fantasia. Conheça alguns destes animais, que o Dodo partilhou, que pela sua timidez são quase míticos – e muitos deles estão mesmo em perigo de extinção.

1.Ocapi

É difícil descrever o aspecto do Ocapi, pois muitos dos seus traços físicos são muito semelhantes a características de outros animais. Possui as riscas das zebras, o corpo de um veado e um pescoço de uma girafa bebé. Mas é apenas um Ocapi. Todas estas características ajudam este animal a confundir-se com a paisagem envolvente, a esconder-se dos predadores e a chegar às bagas mais altas. É um símbolo de orgulho nacional para a República Democrática do Congo.

2.Saiga

O saiga é um antílope que possui um nariz flexível com o aspecto de tromba de elefante, que na verdade serve para aquecer o ar no inverno e impedir a inalação de poeiras e areias, já que este animal habita diversas áreas da Ásia, especialmente na região do deserto do Gobi. Este animal vagueia pela terra desde a Idade do Gelo mas está em perigo de extinção. Várias medidas de conservação têm ajudado as populações de saigas a recuperar lentamente.

3.Narval

Assemelham-se aos golfinhos mas com um grande chifre pontiagudo na cabeça. Na verdade o narval pertence à família das baleias dentadas de pequeno porte, sendo a beluga o seu relativo mais próximo. Só os machos possuem o chifre, que se pensa ser utilizado para rituais de acasalamento e afugentar possíveis rivais. Os narvais são um animal raro de avistar e estima-se que existam apenas entre 45.000 a 50.000 em estado selvagem.

4.Tenreco Listrado

Muito parecido ao ouriço-caixeiro, o tenreco listrado, endémico da ilha de Madagáscar, é o único mamífero que comunica através da estridulação. O tenreco listrado distingue-se do ouriço-caixeiro pela pelagem espinhosa preta e amarela menos densa e por um nariz mais pontiagudo.

5.Ave-do-paraíso-soberba

Não deve ser confundida com as restantes aves-do-paraíso, distinguindo-se pelo seu peito azul em forma de escudo e com uma camada de penas que se assemelha a uma pequena capa. Estas características são específicas dos machos que as utilizam para atrair as fêmeas.

6.Diabo-espinhoso

Uma micro-versão de qualquer animal que se espera ver nos filmes do “Parque Jurássico”. Na verdade, o diabo-espinhoso é um lagarto nativo da Austrália. A sua dieta baseia-se inteiramente em formigas. Para se protegerem dos predadores recorrem ao seu corpo revestido de espessos espinhos. Possuem ainda a capacidade de mudar de cor consoante a meteorologia – quando está quente são amarelos e quando está frio adquirem cores mais escuras.

7.Cervo-vampiro

Na verdade chamam-se cervos-almiscarados mas devido aos seus longos caninos foram apelidados de “cervo-vampiro”. Apenas os machos possuem os caninos longos para competirem com os outros machos por uma parceira. Até recentemente pensava-se que este animal estava extinto, mas em Novembro passado foi avistado um cervo-almiscarado-de-caxemira no noroeste do Afeganistão – o primeiro avistado nos últimos 60 anos.

8.Glaucus atlanticus

A Glaucus atlanticus é uma espécie de lesma-do-mar pelágica que flutua de cabeça para baixo no oceano e se alimenta da caravela-portuguesa. Depois de se alimentar das caravelas, esta lesma marinha armazena os ferrões da sua presa nos seus apêndices, semelhantes a dedos, e utiliza-os para afastar possíveis predadores.

9.Uacari-branco

Embora tenha um aspecto avermelhado, o nome deste macaco do Mundo Novo é uacari-branco. A sua face careca e vermelha é sinal de saúde e como tal esta aparência torna-o atraente perante as fêmeas. Embora não possuam longas caudas como a maioria dos macacos, o uacari-branco é tão ágil como os outros macacos.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta