É igual à mãe! (ou não)

Fotos: John Clare / Jarosław Pocztarski / webmink / Andrew / Leo / Geoff Shaw, Wikimedia / Peter Gronemann / snap713 / Kev Chapman

O macaco-folha-prateado, de pele escura, é muitas vezes visto com um macaquinho bebé cor-de-laranja. A cena pode ser estranha mas é a mais natural do mundo: a cria de macaco-folha-prateado nasce com o pelo completamente diferente do dos seus pais, tal como outros animais de diversas espécies, famílias e habitats.

Veja alguns dos bebés que em nada se perecem aos seus pais – e vice-versa -, encontrados pelo Dodo.

1.Sapo-flecha-venenoso

A foto que vê na nossa galeria é a de um progenitor a dar boleia à sua cria. O sapo-flecha-venenoso dá boleia à cria, que não tem patas, para locais mais seguros, garantindo-lhe a continuidade da vida até à fase adulta.

2.Javali

As crias de javali são completamente diferente dos pais e, na verdade, parecem um outro animal – não têm presas nem a pele escura.

3.Casuar

São precisos entre três a seis meses para que esta ave se comece a parecer com os seus pais. Com o tempo, a sua plumagem torna-se castanho-escuro e a crista, tão característica dos adultos, começa a crescer.

4.Joaninha

Todos já vimos uma joaninha ao perto, mas será que identificaríamos uma joaninha bebé? Provavelmente não, devido ao facto de esta parecer uma centopeia.

5.Canguru

O canguru nasce muito – mas mesmo muito pequeno, do tamanho de uma uva –, sem pelo e cor-de-rosa.

6.Macaco-folha-prateado

Aparentemente, este macaco pegou num filhote de uma outra espécie – ou num peluche de criança – e levou-o para a sua casa – nada mais errado: durante cinco meses. as suas crias são cor-de-laranja com mãos, pés e cara branca.

7.Flamingos

Antes de terem a sua bela plumagem cor-de-rosa, os flamingos passam por uma fase de dois anos em que são brancos e cinzentos.

8.Foca-cinzenta

Ao contrário dos seus progenitores, a foca-cinzenta é branca.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta