Housework: young woman doing laundry (shallow DOF; color toned i

Lavar a roupa a altas temperaturas e usar muito detergente não significa obrigatoriamente uma lavagem mais eficiente. Para a roupa que usamos no dia-a-dia, seja vestuário ou têxteis do lar, que por norma têm uma sujidade média ou baixa, não justifica usar programas a 60 ou 90 graus.

O aquecimento da água é responsável por grande parte do consumo eléctrico despendido numa lavagem. Para um mesmo programa, a diferença entre lavar a 30 ou 40 graus, vai significar um aumento de 10 a 30% do consumo de energia. E esta diferença aumenta cada vez mais: assim se, no mesmo programa, optarmos por lavar entre 30 ou 60 graus, isto pode implicar um aumento de consumo 200 a 400% superior.

Assim, a menos que as peças para lavar apresentem uma sujidade intensa, é de máxima importância usar os programas ecológicos disponíveis na sua máquina. Apesar de serem mais longos, estes programas usam menos água e operam a temperaturas mais baixas.

Mas há mais alguns truques e dicas que podem tornar a lavagem das suas peças de roupa ainda mais eficiente. Descubra quais no vídeo do Minuto Verde.

O Minuto Verde é uma rubrica produzida pela Quercus e emitida aos dias úteis na RTP.

Foto: via Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php