Hotel de luxo abandonado

No século XIX, o hotel EisenBahner, em Erzgebirge, Alemanha, era um dos mais exclusivos hotéis da Europa. Situado na fronteira com a República Checa, numa região afastada do bulício das grandes cidades, o hotel recebia poucos hóspedes, mas de grandes recursos financeiros.

Em 1883, um fogo atingiu o edifício, mas o hotel foi reconstruído e comprado pelos caminhos-de- ferros alemães, mantendo as suas principais características. Nos anos 70 e 80, o hotel passou a ser reconhecido pelo seu restaurante, sendo um dos locais mais turísticos da região.

Depois da queda do Muro de Berlim, o hotel entrou em queda, estando desde então abandonado. “Devia ter sido um sítio muito animado nos anos 70 e 80, com um restaurante muito popular e grande cozinha para servir os turistas e hóspedes. Quando entrei na cozinha, parecia que alguém tinha deixado a louça a secar e nunca voltou para a próxima refeição”, explicou Stefan Dietze, o fotógrafo responsável por estas imagens.

Agora, os turistas endinheirados foram substituídos por baratas e moscas. O hotel tem 25 quartos duplos, um restaurante e uma cozinha – todos em ruína.

“Ouvi falar do local através de um amigo cujo pai trabalhou lá. Ele disse-me que o local estava abandonado há anos, mas a mobília continuava lá, intacta. Era um sítio de prestígio e só a elite lá entrava”, explicou.

Veja as fotos de Stefan.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta