Uma casa-contentor para levar para férias

O professor Han Slawik, da Universidade de Hanover, Alemanha, é fã do conceito de construção com contentores marítimos, mas acredita que eles têm dois problemas: são caros para modificar ou reparar e têm um potencial limitado.

Estes dois obstáculos levaram-no a idealizar uma alternativa conceptual à típica utilização dos contentores e o resultado é a Homebox, uma casa de três andares que, basicamente, não passa de um contentor colocado na vertical. A Homebox utiliza madeira –viver numa casa de metal não é muito agradável – e é uma alternativa sustentável e mais barata para emergências, casas móveis ou até permanentes.

A Homeboex é energeticamente mais eficiente que os contentores de metal, mais confortável e resistente. Na prática, é um contentor marítimo – tem as dimensões de um contentor normal – mas desenhado na vertical e não horizontal.

Com três andares diferentes, a Homebox tem uma cozinha, sala de jantar e casa de banho no rés-do-chão; um quarto no primeiro andar; e uma sala de estar no terceiro. Este último andar é o mais privado, tem a melhor vista e acesso ilimitado ao Sol.

A casa tem apenas 14 metros quadrados – é muito pequena e, infelizmente, 25% deste espaço está utilizado pela escadaria claustrofóbica. Porém, ela pode ser facilmente transportada utilizando camionetas normais. Por outro lado, ela cabe em espaços pequenos, pedaços de terra inutilizados ou até becos e parques de estacionamentos.

Por outro lado, várias Homebox podem ser unidas para criar uma mini-cidade. Ainda que nenhuma tenha capacidade para mais de duas pessoas, não deixa de ser um conceito inovador e, quiçá – reforçamos este “quiçá” – interessante.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta