Bolívia: levitar no maior deserto de sal do mundo

Salar de Uyuni, Bolívia

O Salar de Uyuni, no altiplano andino, sudoeste da Bolívia, é o maior deserto de sal do mundo, uma paisagem deslumbrante e com características invulgares, que levam os fotografados a “levitar” na atmosfera.

Foi esta curiosidade fantasmagórica que levou o fotógrafo Michael Kittell a desenvolver uma série de imagens no deserto, um dos lugares mais belos e perfeitos do mundo.

Com 10.500 quilómetros quadrados de área, Uyuni é maior que o lago Titicacca, situado na fronteira entre a Bolívia e o Peru, e terá cerca de dez mil milhões de toneladas de sal. Ainda que este seja um importante destino turístico boliviano, a extracção de sal é constante. Todos os anos, cerca de 25 mil toneladas são retiradas do salar.

“Apesar de parecer uma praia, Uyuni não passa de sal coberto por alguns centímetros de água. Estando lá, não conseguimos ver o fim do deserto de sar”, explicou o norte-americano Kittell.

Quando o vento está calmo e o salar cheio de água, a paisagem é “inacreditável”. Na verdade, quem é fotografado aqui parece que está a levitar, tal a calma do local, que devido à sua altitude e difíceis acessos, permanece inalterado há milhares de anos.

Fotos: Michael Kittell

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php