O encontro inesperado entre um fotógrafo mexicano e um crocodilo

Fotógrafo vs Crocodilo

Um fotógrafo subaquático apanhou o susto de uma vida num expedição a Banco Chinchorro, junto às caraíbas mexicanas, quando um crocodilo passou ao seu lado. “Tinha três ou quatro metros de visibilidade, por isso, quando vi o crocodilo pela primeira vez, ele já estava quase à minha frente”, explicou Octávio Aburto.

Octávio diz que tentou manter a calma, mas a verdade é que nunca parou de fotografar. “Tive de manter a calma, para o crocodilo não notar na minha presença. Pus a minha câmara entre o crocodilo e comecei a fotografá-lo”, explicou o profissional.

Ainda que apanhado de surpresa, Octávio não pode queixar-se do destino. O local onde fotografava é conhecido por ter uma das maiores populações de crocodilos americanos, com mais de 250 a viverem num pequeno espaço.

“Estava quase noite, mas consegui tirar as fotos com boa luz. Também tive de as tirar muito lentamente, por isso os movimentos do crocodilo foram captados de uma forma espantosa, mantendo os magníficos dentes do animal”, continuou.

Octávio diz que nunca tinha feito aquele tipo de fotografia, mas este fotógrafo profissional, que também colabora no Scripss Institution of Oceanography, diz que nunca sentiu que a sua vida estivesse em perigo.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php