A montanha vertical de Hua Shan

Situada na província de Shaanxi, China, a montanha de Hua Shan é uma das principais atracções da região, devido aos seus templos, parecença com quadros clássicos chineses e forma invulgar. E os cinco cumes, quando vistos de um certo ângulo, parecem as pétalas de uma flor – e todos sabemos a importância que os chineses dão ao simbolismo.

Há séculos que os visitantes escalam os seus penhascos quase verticais, e os taoistas, que consideram a montanha como sendo sagrada, construíram tempos nas suas encostas e picos.

Com caminhos feitos de pranchas de madeira pregadas à rocha, Hua Shan faz lembra o antigo Caminito del Rey. Os caminhos foram construídos pelos monges e peregrinos, mas são utilizados pelos visitantes mais corajosos – mas não-tão-corajosos para escalar as enormes paredes verticais.

A massificação turística de Hua Shan chegou nos anos 80 e, desde então, várias pessoas têm caído para a morte. Há alguns anos, as autoridades perceberam o potencial turístico da montanha e começaram a arranjar os caminhos, alargando-os. O número de mortos começou a cair e o de visitantes a subir. Com 2.130 metros de altura máxima, a montanha não é tão perigosa como dantes, mas continua a merecer uma caminhada atenta.

Foto: tefl Search / momo /  mararie / Ken Marshall / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta