Como renovar uma apartamento com 300 anos?

Um apartamento do século XVIII de Estocolmo, na Suécia, foi renovado pelo atelier dinamarquês Studiomama. Construída em 1720 na área medieval da capital sueca, a casa não pode ser demolida por lei – e ainda bem – e recebeu uma renovação moderna e monocromática.

Ao retirar as camadas que foram acrescentadas à casa ao longo dos anos, o Studiomama conseguiu recuperar a forma única e original do apartamento, inspirando a criação de duas casas modernas e minimalistas.

Numa primeira fase o atelier retirou todos os anexos e acrescentos que foram colocados no apartamento, incluindo uma série de paredes falsas. Quando chegou à estrutura primitiva e original do interior, os arquitectos decidiram deixar as vigas de suporte expostas, uma espécie de homenagem aos seus construtores originais. O interior foi ainda retrabalhado com madeira natural, para criar um ambiente aberto e arejado.

Os tectos e as vigas foram pintados de branco, o que “abriu” imediatamente o espaço a outras experiências. O chão de madeira natural também ajudou a dar uma sensação de espaço e luz ao local, assim como as prateleiras. Foram acrescentadas várias clarabóias para trazer luz natural para o espaço.

Estes apartamentos são a prova que, muitas vezes, não é preciso demolir estruturas com 50, 100 ou 200 anos para termos uma casa moderna, confortável e minimalista, da qual nos possamos orgulhar.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta