Os restauros de Nobuo Okano

O futuro de um dicionário velho, obsoleto e com mais de 1.000 páginas bem que poderia ser a reciclagem, ou até mesmo outro fim menos amigo do ambiente. Porém, o deste velho dicionário de Inglês-Japonês foi outro graças a Nobuo Okano, um artesão japonês que se dedica a restaurar livros antigos.

O dicionário é apenas um exemplo dos livros que Okano já restaurou em mais de 30 anos de ofício, mas destaca-se pelo trabalho que deu. Um dos processos de restauro que o manual sofreu foi o arranjo interior das páginas, o que obrigou Okano a passar a ferro cada uma delas, com um cuidado meticuloso para que nenhuma página ficasse queimada.

Além de dar uma nova vida aos livros, o artesão permite aos seus clientes conservar memórias através daqueles objectos e até a possibilidade de os deixar para as futuras gerações, pois graças ao processo de restauro os livros durarão mais anos.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta