caracol_SAPO

Um caracol em miniatura foi descoberto nas rochas calcárias da província de Guangxi, no sul da China, e é tão pequeno que cabe na cabeça de uma agulha, segundo os investigadores da Universidade de Shinshu, no Japão, responsáveis pela descoberta.

Com uma concha com apenas 0,86 milímetros de altura, o caracol foi baptizado de angustopila dominikae – em homenagem à esposa do investigador principal do estudo, Dominika – e já é o mais pequeno caracol terrestre alguma vez descoberto.

O angustopila dominikae é uma de sete novas espécies de caracol descobertas na província de Guangxi. “Os tamanho corporais extremos dos organismos não só atraem a atenção do público mas também um interesse [especial] no que toca à adaptação ao seu ambiente”, explicaram os cientistas ao jornal ZooKeys.

Assim, o oposto do angustopila dominikae é o caracol-gigante-africano, que pode atingir até 18 centímetro de comprimento e pesar 500 gramas.

“Investigar os pequenos caracóis terrestres é importante para percebermos a biodiversidade e história natural, mas também para conseguirmos as fundações para estudar a evolução do nanismo nos animais invertebrados”, concluíram os cientistas.

Antes desta descoberta, o caracol mais pequeno do mundo era o angustopila elevata, cuja concha atinge os 0,99 milímetros de altura. Por outro lado, é improvável que existam caracóis mais pequenos que os agora encontrados na China, uma vez que as células não poderiam funcionar em tão pequenas proporções.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta