Cem toneladas de lixo despejadas nas margens do rio Yangtze, em Xangai

rio-yangtze

Cerca de cem toneladas de lixo foram despejadas há poucos dias nas margens do rio Yangtze, Xangai, e estão já nas instalações da maior reserva de água potável desta cidade chinesa. Produtos como agulhas, garrafas partidas e lixo doméstico foram encontrados nas margens do rio.

Informações avançadas pelo The Guardian indicam que dois navios foram responsáveis por este crime ambiental, ao despejaram cerca de cem toneladas de lixo nas margens do rio que banha Xangai. O acto criminoso teve consequências graves, já que a jusante do rio está localizado um reservatório de água que fornece água a cerca de 700 mil habitantes na região.

No local estão já algumas dezenas de trabalhadores a limpar o reservatório afectado, com as melhores estimativas a indicarem que só daqui a duas semanas a situação estará resolvida.

Este episódio vem reforçar o grave problema com a poluição que afecta a China nos dias que correm. Actualmente, perto de 80% da água usada em quintas, fábricas e habitações privadas chinesas não é própria para consumo, apresentando elevados níveis de poluição.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php