As cavernas de lava de Josh Hydeman

As grutas de lava de Washington

Ao longo de mais de três quilómetros e a centenas de metros de profundidade existe uma rede de cavernas no subsolo do estado de Washington, nos Estados Unidos. As várias grutas ostentam nas paredes um caleidoscópio de cores, formado por correntes de lava há mais de 8.000 anos que foram solidificando dentro de um grande desfiladeiro.

Josh Hydeman é um fotógrafo de Portland que se dedicou a explorar e a fotografar as formações, acompanhado pelos colegas Eric Guth, Garry Petrie e Jason George. “A caverna foi mapeada pela primeira vez em 1993 e soubemos da sua existência através de um clube de espeleologia que tem o seu nome”, conta o fotógrafo.

“Na costa este a localização de todas as grutas é mantida em segredo e como tal o acesso é passado de boca em boca. Para esta gruta, em particular, é possível conduzir até quase à entrada, ao contrário de muitas outras grutas que requerem uma caminhada de vários quilómetros até à entrada”, indica Hydeman.

Ao contrário de outras grutas de lava, esta tem cinco níveis e não apenas um, possuindo ainda luz natural suficiente para iluminar a gama de cores que reveste as paredes. A gruta ainda possui pequenos lagos e cascatas de água.

De acordo com o fotógrafo, a entrada para a gruta terá sido descoberta por filhos de lenhadores da região que a decidiram explorar, mas a investigação acabou quase em tragédia e os lenhadores, que tinha acesso a dinamite, decidiram fechar a entrada. Contudo, ao explodirem a dinamite os caminhos subterrâneos foram desobstruídos e foi assim que a gruta foi descoberta.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php