dente-de-lapa

Esqueça os fios das teias de aranha. A substância mais forte da natureza é, afinal, o dente de lapa. Os dentes das lapas são difíceis de ver pois estes gastrópodes vivem colados às rochas alheados ao que se passa à sua volta. Mas uma investigação britânica descobriu precisamente que os dentes minúsculos deste animal marinho são o material natural mais resistente conhecido até agora.

As lapas utilizam os seus dentes para raspar as algas que lhes servem de alimento das rochas e o novo estudo, publicado no The Royal Society Journal Interface, indica que os dentes deste molusco são mais fortes que a seda dos fios da aranha, que era considerado o material natural mais forte até agora.

“Até agora pensávamos que a seda de aranha era o material biológico mais forte devido à sua super força e potenciais aplicações em objectos desde coletes à prova de bala como componentes electrónicos. Mas descobrimos que os dentes da lapa demonstram uma força potencialmente superior”, afirma Asa Barber, professor responsável pelo estudo na Universidade de Portsmouth, em Inglaterra.

Para testar a resistência dos dentes das lapas, a equipa de investigadores recorreu a uma técnica inovadora, onde moeu dez dentes. Com o material moído construíram uma estrutura em forma de osso de cão e deste modo puderam testar a força necessária a aplicar para partir a estrutura. Com recurso a um microscópio de força atómica os cientistas perceberam que os dentes de lapa são mais fortes que um colete de kevlar, utilizado como protecção anti-bala, e possuem uma força que é equivalente a ter um único fio de esparguete a suportar 1.500 quilos.

A razão para a grande força dos dentes da lapa reside na sua composição química: fibras de goethite – um mineral à base de ferro – que estão dispostas numa matriz de quitina.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta