papel-higienico

Recentes estatísticas indicam que em média, cada norte-americano utiliza 23,6 rolos de papel higiénico por ano, o que resulta em graves perigos e danos para o ambiente. Agora imagine a quantidade de árvores que são necessárias para fabricar papel higiénico para toda a população mundial.

Tal como as lâmpadas incandescentes estão a ser progressivamente substituídas pelas lâmpadas economizadoras, também o papel higiénico feito à custa das árvores deveria ser substituído por uma alternativa mais sustentável. É exactamente esta alternativa mais ecológica que o Nimbus Eco propõe.

A Nimbus Eco é uma marca que fabrica vários produtos de papel. Um deles é o papel higiénico produzido a partir de bambu e açúcar de cana, que foi apresentado na edição deste ano do festival de música Coachella, na Califórnia. Mark Samuels e Josh Askin, os fundadores da marca, passaram meses a testar várias formas alternativas ao papel produzido a partir das árvores, até que chegaram à combinação de bambu com açúcar de cana. O bambu confere resistência ao papel e o açúcar suavidade. Adicionalmente, o bambu é uma das plantas que cresce mais rápido e o açúcar de cana é um bioproduto que resulta da extracção do açúcar das canas.

Tanto o bambu como o açúcar de cana utilizados são cultivados manualmente para ajudar a reduzir as emissões de dióxido de carbono. A marca disponibiliza embalagem de três tamanhos, tanto par uso doméstico como para uso em espaços públicos.

Segundo os criadores da marca, se cada habitante dos Estados Unidos substituísse apenas um rolo de papel convencional por um Nimbus Eco era possível salvar cerca de 470 mil árvores por ano. A marca oferece ainda outros produtos ecológicos de papel, como guardanapos, toalhas de mão e pratos de papel.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta