pequim

“Airpocalypse”: foi este o nome dado a um vídeo filmado por um engenheiro britânico a viver na China, que mostra o galopante avançar da poluição nos céus de Pequim. O engenheiro filmou os céus da capital chinesa durante 20 minutos, transformando depois essas imagens num vídeo com 12 segundos que está a deixar os internautas incrédulos.

São diárias as notícias que dão conta dos elevados níveis de poluição que pairam sobre várias cidades do Norte, Centro e Este da China. No final de 2016 os alertas laranja e vermelho foram uma constante nos últimos dias do ano, com a necessidade do país adoptar medidas extraordinárias para lidar com a elevada poluição. O ano de 2017 vai ainda com 3 dias, mas já foi levantado um alerta vermelho para Pequim devido à poluição atmosférica que paira sobre a região.

Neste momento, mais de 70 cidades chinesas estão a pôr em prática alguma medida adicional de combate à poluição atmosférica, mais ou menos extrema consoante o nível de alerta decretado pelas entidades oficiais. Estima-se que em alguns locais do país as concentrações de partículas PM2,5, as mais perigosas para a saúde humana, poderão mesmo atingir os 300 microgramas por metro cúbico, um patamar tido como “muito grave” pela Organização Mundial de Saúde.

Nos próximos dias por todo o país vão continuar as restrições no trânsito, nas escolas e indústrias, já que só lá para domingo está prevista a melhoria das condições atmosféricas, altura em que se prevê a chegada de uma frente fria que poderá dispersar a neblina e atenuar a poluição em território chinês.

 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta