Um quarto de hotel com 900 anos

Devem os edifícios antigos ser preservados para sempre numa redoma de vidro ou, caso estejam em condições aceitadas, servirem de chamativo turísticos para os interessados?

Na Torre Prendiparte, em Bolonha, Itália, segue-se a segunda opção. Esta torre foi construída no século XII e, hoje em dia, funciona como um hotel, permitindo aos hóspedes experienciar a vida num edifício medieval.

A torre tem 12 andares e oferece uma vista única sobre a cidade italiana. Para além de poderem ocupar o último andar do monumento, os visitantes poderão passar horas a descobrir artefactos históricos que se espalham ao longo dos andares – há até uma masmorra com grafitis de quem aqui esteve preso.

À noite, a torre transforma-se em hotel de luxo e pode jantar-se, à luz das velas, no último andar, a 60 metros de altura – um vício só ao alcance de quem tenha €400 e, previsivelmente, paciência para esperar por uma vaga.

“Não vendemos apenas um quarto ou lugar para ficar – vendemos emoções”, explicou ao Bologna Uncovered Matteo Giovanardi. “Tocamos numa parede e pensamos no trabalhador que, pendurado num andaime de madeira, colocou estes tijolos na idade média”.

A suite tem três andares e inclui o quarto, cozinha e lounge. A torre original, hoje o segundo maior edifício de Bolonha, foi edificada no século VII pela família Prendiparte, como defesa para ataques inimigos e símbolo de poder.

Desde então, ela já teve várias funções, incluindo um local de estudo para monges e prisão contra quem cometesse crimes contra a moral cristã.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta