Apple, Facebook e Google são as empresas mais sustentáveis da tecnologia

apple

Foi em 2012 que algumas das maiores empresas do mundo da tecnologia, como a Apple, Facebook e Google se comprometeram a gerir os seus negócios usando única e exclusivamente energias renováveis. Volvidos cinco anos, a Greenpeace quis saber se as intenções reveladas na altura tinham saído do papel, levando a cabo a investigação “Clicking Clean: Who Is Winning the Race to Build A Green Internet?”. A campeã da sustentabilidade na área da tecnologia? Apple.

Ao que parece tanto a Apple, como o Facebook e o Google não deixaram as suas ideias de sustentabilidade cair em saco roto, empenhando-se nas questões ambientais, como por exemplo no uso de energias renováveis.

Segundo o documento da agência ambiental, a “Apple desempenhou um papel fundamental dentro da cadeia de fornecimento de tecnologias de informação, obrigando os outros operadores a acompanhar os esforços desta empresa, nomeadamente ao nível das energias renováveis.”

Vendo mais ao detalhe estas classificações “amigas do ambiente”, verificamos que a Greenpeace deu um “Excelente” à Apple no que diz respeito ao empenho nas energias renováveis, transparência ao nível da energia e eficiência energética. Quanto à Google, a gigante da internet também recebeu praticamente só “excelentes”, excepção feita para a categoria de transparência energética, em que recebeu um “muito bom”.

E como nem só de méritos é feita esta lista, surgem também as empresas que ainda têm algum trabalho a fazer no capítulo da sustentabilidade ambiental. Assim, a Netflix e a Amazon Services aparecem no fundo da classificação, com várias falhas apontadas pela associação ambiental. O relatório da Greenpeace pode ser consultado na íntegra aqui.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php