Uma casa que é um jardim vertical

Samyn and Partners começou a construir uma habitação em Linkebeek, na Bélgica. Os planos originais contemplavam uma casa com paredes cobertas com heras e com telhado em cobre patinado. A casa demorou oito anos a ser construída e ao longo de quase uma década de construção, os planos originais para uma fachada verde transformaram-se em planos para a construção de um jardim vertical na fachada da habitação.

A habitação foi projectada para servir de residência, espaço de trabalho e estúdio de produção a um cinematógrafo. Os planos de construção foram traçados a partir de uma pequena habitação que já existia no local. A renovação e ampliação da estrutura permitiram espaço para a entrada, escritório e cozinha. Os estúdios de produção estão alojados principalmente na adega e numa pequena parte no segundo andar.

Ao segundo andar foi adicionado uma mezzanine e existe uma suite principal e quartos e casas de banho para cinco crianças. Quanto ao jardim vertical, a selecção das plantas a incorporar na fachada ficou a cargo do botânico Patrick Blanc.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta