Uma cidade sustentável para a China

Um dos aspectos pelos quais a China é conhecida, entre outros, é devido às suas cidades extremamente poluídas. Contudo, os novos modelos ecológicos de desenvolvimento podem ajudar estas cidades a tornarem-se mais sustentáveis. Um exemplo é o Binhai Eco City Master Plan, um estudo de caso concebido pelo Holm Architecture Office, que explora a possibilidade de um desenvolvimento verde total.

Esta cidade verde trata-se de um projecto criado com o apoio dos governos da China e de Singapura. Rodeado por uma cintura verde, o espaço compreende um novo Distrito Financeiro e cinco espaços culturais que albergam instalações desportivas e centros educativos. Os edifícios culturais ficam localizados em planaltos específicos que se projectam para fora do espaço verde a norte. Um corredor verde e uma linha de eléctrico ligam o centro financeiro aos edifícios culturais.

Concebida para ser um oásis verde pedestre, a Eco City fica localizada num planalto elevado, ficando os serviços e zona rodoviária num nível mais inferior. Todos os edifícios foram concebidos com tecnologias energéticas eficientes e sustentáveis e fontes de energia renovável.

A Binhai Eco City foi seleccionada como uma das finalistas dos 2014 WAF Awards e foi projectada para ficar localizada nas imediações de Tianjin, no norte da China.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta