Sala de espectáculos feita com contentores

Há várias soluções arquitectónicas para os contentores marítimos sem aparente utilidade, e a Savioz Fabrizzi Architects valeu-se desta “moda” para desenhar algo que ainda não tínhamos visto: uma sala de concerto feita com vários contentores de metal.

Situada em Sion, na Suíça, a sala de espectáculos Le Port Franc utiliza contentores que foram inseridos dentro de um edifício já existente, criando uma armação para uma sala maior à qual não falta uma lounge, bilheteira, bar, sala de ensaios e outros espaços.

Os arquitectos admitem ter utilizado os contentores por serem baratos, flexíveis, duráveis e mais facilmente sobreviverem ao vandalismo. E, de facto, o resultado final é bem interessante, como pode ver na nossa galeria.

Segundo o Inhabitat, o atelier suíço ganhou o concurso para o Le Port Franc em Dezembro de 2011 e, em nome da reutilização, decidiu não só reciclar um armazém já existente – e que se encontrava abandonado – como mobilá-lo com contentores. Estes não foram alterados ou modificados, e as suas cores distintas dão ao local um visual diferente do habitual para uma casa nocturna.

“Um contentor permite grande flexibilidade num centro de música contemporânea”, explicaram os arquitectos, que viram o projecto terminado já este ano. O Le Port Franc tem lotação para 400 pessoas e recebe músicos amadores e profissionais.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta