Uma central solar em forma de coração

Durante décadas, as ilhas sofreram com a dependência energética do continente, um sistema altamente insustentável, ineficiente e caro. Porém, as energias renováveis vieram não só dar-lhes um novo fôlego na independência energética,  como contribuir para uma nova realidade ecológica.

O arquipélago da Nova Caledónia é o mais recente “rendido” às renováveis, e está tão contente com esta opção que vai construir uma central solar em forma de coração. A central irá fornecer energia a 750 casas da Nova Caledónia, ajudando a reduzir as emissões de carbono e dando uma perspectiva romântica das renováveis.

O desenho da central foi inspirado numa floresta local que terá crescido em forma de coração, conhecida como Coeur de Voh. “Essa floresta é um património importante para as pessoas da Nova Caledónia e mostra o quão extraordinário a natureza pode ser”, explicou o director-geral da Conergy ao The Guardian.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta