Tao Porchon-Lynch Facebook

Tudo começou quando em 1926 Tao Porchon-Lynch caminhava na praia e ao longe avistou um grupo de homens a praticar um desporto desconhecido da pequena criança de oito anos. “Pensava que era um jogo”. Na verdade era yoga, uma modalidade física milenar com origens hindus que acredita numa estreita ligação entre corpo e mente.

Numa época em que inúmeras actividades estavam vedadas às raparigas por serem “coisas só para rapazes”, Tao Porchon-Lynch quebrou todas as barreiras ao dizer em alto e bom som “se os rapazes podem fazer, eu também posso!”.

Desde o momento em que experimentou aquela modalidade “esquisita” que os rapazes praticavam na praia num dia solarengo, Tao ficou deslumbrada e com a certeza que tinha encontrado a grande paixão da sua vida.

Já muito perto de completar um século de vida, esta apaixonada por yoga continua a dar entre seis a oito aulas por semana, tendo já recebido o título de “mais velha professora de yoga” do Guinness World Records. Para Tao o segredo para a sua saúde de ferro está, sem qualquer tipo de dúvida, no yoga que praticou toda a vida e que lhe permite trabalhar os músculos, ao mesmo tempo que exercita a mente.

Recentemente esta mulher absolutamente fantástica lançou um livro de memórias, onde partilha alguns das suas sugestões para alcançar uma vida repleta de energia e boas vibrações. Um exemplo de vida absolutamente inspirador para conhecer aqui.

 Foto: Tao Porchon-Lynch Facebook 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta