Oito meses para conseguir estas imagens

Marko Korosec é um homem de sorte. Este fotógrafia esloveno estava em Vivaro, norte de Itália, quando conseguiu presenciar um dos fenómenos celestes mais raros, um evento luminoso transiente. Este fenómeno ocorre durante tempestades e é produzido por campos eléctricos quase-electrostáticos gerados por relâmpagos que vão da nuvem para o solo.

Eles ocorrem durante breves milissegundos, a 80 quilómetros acima da Terra. “Foi muito complicado fotografar este fenómeno. Ele é tão raro que temos de ter alguma sorte”, explicou Marko.

Durante décadas, os pilotos eram dos poucos sortudos a poder experienciar este fenómeno. Agora, com a massificação dos aparelhos de captura de imagens, qualquer um dos pode ver o fenómeno, ainda que em segunda mão. O exemplo de Marko foi paradigmático: ele passou meses a perseguir tempestades em Vivaro. Ainda assim, considera-se um sortudo.

“Fiquei muito contente com o resultado final, os detalhes ficaram impressionantes”, concluiu o fotógrafo.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta