uma maravilhosa cabine no meio da floresta

O arquitecto norte-americano Jeffrey Poss e o WORKUS Studio uniram-se para criar o Polygon Studio, um estúdio-pousada construído numa propriedade arborizada nas montanhas Adirondack, em Nova Iorque. Coberto por um telhado em zigzag, a estrutura combina as vistas deslumbrantes sobre o Lago George, com uma paleta de materiais minimalista que sugere um regresso à natureza.

Os arquitectos procuraram criar dois espaços distintos, mas interligados no estúdio, usando o elemento madeira como unificador do espaço e, ao mesmo tempo, brincando com diferentes níveis de elevação para delinear as duas áreas.

Construído no cimo da propriedade, os arquitectos recorreram a essa localização para orientar a concepção do espaço interior. O estúdio está localizado no piso térreo, mas o quarto de hóspedes existe no piso superior, no topo do edifício.

As portas de correr abrem-se para uma pequena varanda que se projecta para fora desse quarto e tira proveito da vista para o Lago George. Umas escadas com 130 degraus ligam, por fim, o Polygon Studio ao lago.

O estúdio foi envolvido com aço galvanizado que o protege do mau tempo. Pranchas verticais de cedro vermelho moído localmente cobrem ainda as fachadas leste e oeste, bem como o interior do edifício, conferindo os tons quentes uma sensação de calor ao espaço.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta