Os curandeiros da Bolívia

Thomas Rousset e Raphaël Verona viajaram através da região do Altiplano da Bolívia por uma razão muito específica. Os dois fotógrafos quiseram documentar a grande diversidade espiritual das extensões da América do Sul sem acesso ao mar, retratando curandeiros e praticantes da medicina tradicional que mantêm a cultura e as tradições bolivianas vivas.

Habitando num espaço entre o passado religioso e a actualidade, o trabalho dos dois fotógrafos representa o realismo mágico no século XXI. As imagens de Rousset e Verona retratam ainda locais como La Paz, Oruro e Potosi, incluindo uma infinidade de povos indígenas, os Aymara, um grupo politicamente activo descendente da civilização pré-Inca.

As fotos, divulgadas pelo Huffington Post, foram reunidas num livro intitulado “Waska Tatay”. Trajes tradicionais, rituais e objectos de culto que são enquadrados com telemóveis, cabos eléctricos e sacos de plástico com lixo são algumas das fotos dos artistas.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta