Brasil: uma casa sofisticada no meio da montanha

A casa na montanha

Inicialmente, os proprietários da Casa Mororo queriam construí-la no topo de uma colina acidentada, a 180 quilómetros de São Paulo, no Brasil. A ideia deixou de fazer sentido e o ateliê mk27 conseguiu convencê-los a desenhar a sua nova casa no meio de um pinhal, integrando-o na paisagem exterior. Esta solução permitiu criar uma relação intimista com o sítio e envolver a natureza no seu ambiente.

Situada numa zona montanhosa conhecida pelas suas baixas temperaturas, a casa procurou, através da sua arquitectura, espaços internos para os dias frios – a sala de estar é aconchegante e há uma piscina coberta e saunas transparentes.

As aberturas foram minimizadas e usadas como portas de correr, para intensificar a integração entre dentro e fora. A relação entre cheios e vazios, na fachada, permitiu obter um “excelente desempenho térmico”, avança o estúdio mk27, com um alto grau de conservação atmosférica.

A premissa inicial do projecto seria uma construção rápida e barata. Assim, a arquitectura valeu-se de soluções industrializadas – estrutura metálicas, por exemplo – e montados fora do local. segundo a mk27, o tempo da obra foi inferior ao padrão, apesar de ser uma região de difícil acesso.

A madeira foi um dos materiais mais utilizados na casa, de forma a confundir o local com os tradicionais chalés de montanha. O resultado pode ser visto na nossa galeria.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php