comunidade sustentável

Sabe o que é um baldio? E um monte veciñal? E uma Partecipanza? Se não consegue responder, não se preocupe: a maioria da população desconhece a sua existência. Trata-se de instituições milenares que foram apagadas da memória colectiva, que simplesmente querem dizer terras usufruídas e governadas colectivamente por quem lá vive ou que a elas tem direito. Um pouco por toda a Europa existem terras comuns, mas tal como cá, as gerações mais jovens nunca ouviram falar delas.

Esta é a razão de ser do COMUNIX – Participação activa de jovens na governação de áreas comunitárias, um projecto europeu do Erasmus + promovido pelo Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, e com o apoio da Cooperativa Cultural Trespés da Galiza e da Partecipanza Agraria de Nonantola, Itália. Todas estas instituições, juntamente com as áreas comunitárias de dois lugares, a Mancomunidade de Montes Veciñais en Man Común de Pontevedra e os Baldios dos Lugares da Extinta Freguesia de Vilarinho, Lousã, pretendem dinamizar a participação activa de jovens na governação de áreas comunitárias, através da criação duma Escola Comunitária.

A Escola COMUNIX irá decorrer na segunda quinzena de Agosto de 2017, uma semana em Lourizan (Pontevedra, Galiza | Espanha) e outra em Vilarinho (Lousã). Para os responsáveis por esta iniciativa o grande objectivo passa por “dar a conhecer os recursos naturais dos dois lugares, os seus usos e os desafios de os governar em comum, para que possam suportar modos de vida mais sustentáveis e mais justos”, pode ler-se em comunicado.

Até ao próximo dia 10 de Abril estão abertas as candidaturas a nível nacional nos três países para 21 jovens participantes (entre os 18 e os 30 anos, obrigatoriamente compartes de um baldio), 10 residentes em Portugal, 10 residentes na Galiza e 1 residente em Itália, que compartam o direito a usufruir e governar as terras comuns dos lugares onde vivem. Todas as despesas são cobertas pelo COMUNIX, incluindo viagens, estadia e alimentação. Um projecto que quer dar a conhecer novas realidades aos mais jovens, com todas as informações necessárias disponíveis aqui.

Foto: via Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta