Opisthoteuthis adorabilis

Stephanie Bush é a investigadora do Monterey Bay Aquarium Research Institute, nos Estados Unidos, a quem cabe a difícil tarefa de escolher o nome para esta nova espécie de polvo do género Opisthoteuthis.

Este polvo, que ainda não tem nome científico, foi descoberto em 1990 e desde então têm sido recolhidos alguns espécimes para melhor se estudar o animal. Porém, esta tarefa não é fácil, pois o animal vive a 450 metros de profundidade e em águas pouco exploradas pelos investigadores.

A criatura mede cerca de 17,8 centímetros e tem uma espécie de membrana que liga os seus tentáculos uns aos outros, criando uma espécie de amortecedor através do qual se desloca na água. Na cabeça tem uns grandes olhos salientes e uma espécie de pequenas barbatanas que mais parecem umas pequenas orelhas.

Embora a aparência deste polvo seja bizarra, o seu aspecto é adorável – é, aliás, muito parecido ao polvo Pearl do filme ‘À procura de Nemo’. O polvo é na verdade tão adorável que Stephanie Bush está a considerar chamá-lo de ‘adorabilis’: Opisthoteuthis adorabilis.

O nome ainda não está oficialmente decidido, mas dado o seu aspecto Opisthoteuthis adorabilis seria um nome adequado.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta