A poluição nas suas várias formas

A sociedade humana é cada vez mais consumista. Consequência directa do consumismo desenfreado humano é quantidade de resíduos produzidos, dos quais apenas uma percentagem mínima é reciclada. A restante parte acaba em aterros, onde contamina os solos e os lençóis de água, ou nos oceanos, onde polui a água e prejudica a vida marinha.

Em média, cada cidadão dos países desenvolvidos gera por dia cerca de 1,95 quilos de lixo. Actualmente a população mundial está estimada em 7,3 mil milhões de pessoas. A taxa de crescimento populacional é de 1,1%, o que significa que dentro de 64 anos a população mundial poderá ser de 15 mil milhões de pessoas.

Estes 15 mil milhões de pessoas irão produzir níveis de lixo sem precedentes e se os níveis de reciclagem não aumentarem exponencialmente, a civilização humana corre o risco de sufocar no próprio lixo. Por agora, quem mais sente na pele as consequências do consumismo exacerbado são os animais, que ficam presos no lixo ou comem o lixo, acabando por morrer. Mas a espécie humana começa também a sentir as consequências da sua actividade.

Que estas imagens nos estimulem a reciclar mais e a salvar o planeta.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta